La Tarantella...!





La Tarantella



A Tarantella vem da região de Taranto....na Região da Puglia, fica bem ali no salto da "Bota", mas existem tarantellas de todas as regiões...Pugliese, Calabrese, Cilentena ( Costa del Cilento) de onde vem minha família, Basilicata e é claro da Ilha da Sicília, basicamente de todo o sul da Itália.

Não sabemos exatamente quando ela começou ou foi concebida, mas historiadores acreditam que tenha começado ainda na Grécia, no século XI A.C. pois os instrumentos usados, como a citara ( mãe do Bandolim) e tambores e o ritmo foram concebidos nesta época e local. Um dos Ritmos que combinaram na Tarantella são a "Zorba" e o Syrtaky.

Algumas das regiões da Itália também sofreram influências árabes, celtas, hindus e também judaicas devido as invasões no território italiano que se sucederam após a queda do Império Romano, do século II ao X d.C. e todas essas culturas, de alguma forma, adicionaram ritmos e novos instrumentos a este tipo de música popular.

Não esqueçam que a Gastronomia e a Música também formam o idioma, pois os pratos e as músicas precisam ser letrados, isto é, terem nomes e nomenclaturas e a procura de um nome vai formando nova dialética, novas palavras e expressões e assim um novo idioma.





Além da música também se concebeu a dança que acompanha esta música que pode ser dançada sozinha, em casais(duplas) ou coletivamente. Forma-se um círculo dançante, executado no sentido horário até a música se tornar rápida, quando todos trocam de direção. O ciclo ocorre algumas vezes, eventualmente ficando tão rápido que é muito difícil manter o ritmo. Em geral é conduzida por um cantor central e acompanhado por Bandolins, Sanfona (Harmônica ou Gaita) castanholas , tamborim e o famoso "friscoletto" ou Friscalettu, uma flauta bem fininha e de som agudo e que em suas notas mudavam conforme o sopro.

Em cada região da Itália existe um ritmo e um tipo de dança porém a escala sempre é a mesma, tocada de modo "allegro" e acelerado.  Outra curiosidade sobre a tarantella que ela além de musicada, também é letrada e em muitas regiões funcionam como uma "Quadrilha" como as que existem aqui em Festas Juninas.  Aliás as festas juninas nasceram dos imigrantes italianos e alemães que povoaram o interior do Brasil e junho, na Europa é a época da colheita e as festas eram para homenagear e agradecer os santos por uma boa safra.

A Cidade de Taranto se tornou famosa pois ali se encontra os melhores "Luthiers" de Bandolins, devido sua madeira principal, o Abeto Rosso (Picea abies) conhecido no Brasil como "pinho Sueco", ser bem abundante naquela região.

A Tarantella no século XI e XII servia para afinar o instrumento pois sua escala 6/8 e seu ritmo rápido ajudavam a curar as cordas mista de seivas naturais, couro de animais recém nascidos e fibras de algodão e de vime...Hoje é claro, feita de resinas plásticas e silicone ou mesmo de metal não precisam mais destas técnicas.

A Tarantella se tornou famosa em todo o mundo e sempre presente em festas italianas típicas, por que também assim era na Itália desde o século XIV e com a Imigração do povo italiano por todo o mundo durante os séculos XIX e XX fez com que sua musicalidade e alegria fosse levada para os quatros cantos do mundo.

A mais conhecida e difundida no mundo é a Napolitana, mas como disse aqui, existem outras e vamos lá, ouvi-las e conhecê-las:




Postagens mais visitadas