Ossobuco a moda do Chef




Para todo o bom gourmet e amante de um bom prato de carne, como é meu caso...Nada mais delicioso do que o Ossobuco. 
Pra quem não conhece, é um corte tipicamente italiano, feito no músculo traseiro bovino com osso, onde é fatiado na serra com osso e tudo e além da tenacidade e sabor da carne, muito específico e de ótimo paladar, outra particularidade deste prato é que o tutano (Tecido interno do osso, rico em gorduras úteis e proteínas), que além de atribuir um sabor especial e encorpamento ao prato e que possui agentes catalizadores específicos para proteínas importantes para o desenvolvimento e a saúde do corpo humano.


Ingredientes




12 Ossobucos

3 colheres de sopa de farinha de trigo

2 colheres de sopa de azeite extra virgem

2 cebolas médias picadas

4 dentes de alho picados

2 cenouras médias raladas

2 talos de salsão picados

3 talos de bulbo de erva-doce fresca picada

2 talos de alho poró picado

2 folhas de louro

1 colher de chá de óregano

1/2 maço de salsa e cebolinha picados

2 latas de tomate pellati italiano

2 copos de vinho Tinto seco

sal e pimenta do reino.

500 ml de caldo de Carne.


Preparo do Prato



- Tempere os pedaços de ossobuco com sal e pimenta do reino.

- Coloque a farinha em um prato raso bem 
espalhado e empane os ossobucos levemente, 
e com seu dedo indicador besunte, com óleo, o osso do ossobuco um a um, desta forma durante o cozimento o osso se desprenderá da carne, facilmente, e assim contribuindo para a maciez da mesma.

- Passe no processador ou pique bem todos os talos (salsão, erva-doce e o alho poró e reserve)

- No caldo de Carne cozinhe todos os restantes da folhas retiradas dos talos e as folhas de louro (a salsa é só para finalizar o prato)

- Frite em uma caçarola o azeite o alho e a cebola levemente sem dourá-los, depois coloque os pedaços de ossobuco e ao fritá-los, sele os dois lados.

- Adicione o Vinho Tinto e em fogo baixo deixe todo o álcool evaporar.

- Acrescente os talos, a cenoura ralada e o orégano, deixe refogar e acrescente as duas latas de tomate previamente processados ( ou esmagados) junto com uma concha do caldo.

- Deixe cozinhando em fogo baixo sempre acrescentado o caldo suficiente pra cobrir totalmente os pedaços de ossobuco (pode tampar a caçarola)

- Depois e duas horas, TESTE COM UM GARFO A MACIEZ DA CARNE...vc deverá introduzir o garfo perto do osso se ele entra na carne com facilidade, está no ponto.

- Quando o molho estiver com uma consistência 
espessa e um pouco mais escuro ( igual a da foto) está pronto.

- Pra finalizar, acrescente a salsa e a cebolinha picada.



Sirva com sua massa de preferência ou com polenta conforme o meu amigo Luciano Ricci do blog Pratada - que fez a minha receita e adorou, olha as fotos que ele mandou pra mim, Obrigado, querido Amigo!!!


Buono Appetito.!!!

Chef Paulinho Pecora








Comentários

  1. Tuuuuuuuuuuuudo de bom!!! Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  2. Que malvadeza você faz com agente! mostrar esta gostosura a esta hora? delícia! parabéns amigo!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  3. Caro chef, com qual massa recheada devo servir esse ossobuco! Queijo, verdura no recheio, massa verde ou branca? Amei a carne e vou fazer no dia das mammas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezada Denise , com ossobuco ou qualquer carne servidas em molhos eu prefiro um fettuccine, gnocchi ou um belo pappardelle, sem recheios, pois a carne deve ser o auge do prato, porém sua idéia de uma massa recheada com verduras ou até uma berinjela...ou funghi vai bem tb ! A massa verde ou branca vai bem das duas formas ou misturadas ( Paglia i feno), Obrigado pelo contato, abraços

      Excluir
  4. Boa, Chef Paulinho, farei com ravioli em formato de cuore, para homenagear as nossas mammas, com recheio de espinafre bem cremosinho e depois lhe conto no que deu isso. beijo e gratíssima. Adoro suas receitas e grandes ensinamentos. Vc é meu querido das panelas. Até breve . Denise Capeleti.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Gostou??? Não Gostou???
Deixe seu comentário!!! Obrigado!

Postagens mais visitadas deste blog

Tabela de Conversão de peso para colheres e xícaras

Nomenclatura de massas italianas recheadas

Pão Ciabatta - Receita, Origem e História